Espanto

Por todo canto
Há um encanto
E um espanto
Tudo é mistério
Para qualquer critério
Não precisa ser sério
O infinito, o tempo
O espaço
O laço fraterno
E tudo que acredito
Buscas, inquietações
Multidões
Solidão
Respostas, caminhos
Afinidades, espinhos
Construções, desconstruções
A bússola é o medo
Mesmo que seja segredo
O caminho inverso no universo
Sem apontar o dedo
Mesmo que aponte
Existe uma ponte
Que move o despertar
E é claro, de se espantar
De medo ao desconhecido
Tudo que é perseguido
Existe um plano, um projeto
Muitas vezes discreto
Que levanta o pano
Realidades em camadas
São diversas jornadas
Conectadas e espalhadas
Numa fase estamos dormindo
Noutra tudo passa fluindo
Para um Céu sem Véu

  • Rodrigo Giovani Borchardt
  • Do livro Céu sem Véu
Anúncios

Tarde

Agora que aprendemos um pouco mais sobre como escrever nosso diário mágico, ou até mesmo nosso livro, que consideraremos como o mais precioso fruto de um trabalho feito com a alma, que encantará a muitos, sentimos um profundo sentimento de União. Pode ser que você acordou agora à tarde, você ainda tem tempo de escrever ou ler a poesia de alguém, pois isso demora apenas alguns minutos. Isso faz parte do nosso Ritual, que você poderá aplicar todos os dias a partir de hoje, quando quiser. Isso se trata de magia poderosíssima, então, preste atenção, nossas vidas mudarão para sempre a partir de hoje. Então, depois de fazer nossas reflexões poéticas sobre as maravilhas do Universo, em forma de oração e gratidão, agora vamos aprender a bênção da respiração. Escolha um horário do seu dia, eu escolhi à tarde para mim, pois sempre acordo neste horário, tomo um café e gosto de fazer as respirações. Às vezes eu faço quando caminho também, mas este é um assunto para tratar mais adiante. Escolha um horário para sentar em um lugar tranquilo, pode ser na cama do quarto, numa cadeira, num bosque ou praia, ou até mesmo numa praça. Feche seus olhos, respire profundamente pelo nariz, com a boca fechada. Se não conseguir, pode ser com a boca aberta, o importante é sentir-se confortável. Depois de inspirar, segure o ar por alguns segundos, como for mais confortável, depois expire tranquila e levemente pelo nariz e/ou boca. Percebe como é gostoso e vital fazer isso? Nossa energia pessoal e espiritual aumenta muito se pararmos nosso dia agitado ou tedioso para fazer este exercício. Podemos fazer quantas respirações quisermos, eu recomendo o mínimo de 5 minutos por dia. Podemos aumentar quando sentirmos mais conforto e disposição. Quando mais fazermos este exercício, mas aumentamos nossa vitalidade e poder espiritual, para realizar milagres e viver em Unidade, como um Cardume de peixes. Você já viu como eles Nadam Sincronizados? 

  • Rodrigo Giovani Borchardt
  • Do livro Sete Dias para Viver em Unidade

Ayahuasca

A personalidade é uma casca
É isso que mostra a ayahuasca
Pode ser na borrasca
Na peia
Ou na calma que permeia
Serenidade
Onde brota a espiritualidade
Ela abre caminhos
E tira todos os espinhos
Muitas vezes em dança circular
Ao redor do fogo ardente
Que faz o peregrino caminhar
E plantar a semente
No divino desabrochar
É a medicina da floresta
Suave, terna e modesta
Causa desconstrução
Para o bem do coração
Acelera o despertar
Para quem quiser amar
Perdoar, doar, entregar
E também receber
Sem forçar, sem fazer
Apenas na entrega
Que não sobrecarrega
A não ação silenciosa
Que faz a vida mais preciosa
Sem tensão, nas mãos divinas
Nas águas mansas, cristalinas
Eternas danças, masculinas e femininas

  • Rodrigo Giovani Borchardt
  • Do livro Despertar na Poesia

Livro Impresso ou em PDF: http://www.livrorama.com.br/loja/details.php?p=2963

A Reconciliação com os Antepassados

Na introdução de O Gatilho Cósmico, Robert Anton Wilson deixa claro que uma crença serve unicamente como um gatilho para estados mentais superiores, ou como uma forma de “escapar da loucura”. Basta que saibamos que uma crença não passa disso: uma crença. A linguagem também recebeu atenção especial de seus trabalhos, fruto da influencia de Alfred Korzybski, que definiu como a linguagem molda nossa forma de pensar. Para exemplificar e separar a linguagem do “Mundo exterior”, Korzybski criou a expressão “O mapa não é o território”, um mantra repetido atualmente sem cessar em qualquer turma de Programação Neurolinguística ou de Psicologia. O que está na cabeça é um “mapa mental”, um “túnel-realidade” que serve como uma programação para interagirmos com o ambiente com sucesso. O ser humano tem uma tendência para, através da cultura, se tornar extremista. E por quê? Porque a cultura, através da escola, de seus pais, da televisão, destrói nosso potencial de multiplicidade, o reduzindo àquilo a que a sociedade costuma definir como indivíduo. O Indivíduo tem tendência para se tornar extremista e, sobretudo dogmático. O dogma, por definição, se trata de uma verdade absoluta. Por isso, seria muito útil nos reconciliar com os antepassados e como estes viveram, pois estes tiveram influência muito grande em nossas vidas.  Isso se torna um tanto complexo, pois teríamos que estudar e questionar mais termos espirituais como reencarnação e mudança de ciclos e Eras. Não tenho uma opinião formada sobre estes temas, mas concordo que eles são essenciais para entender como funciona este Universo, portanto, caro leitor, se vives através de dogmas, sugiro que ignores todo conteúdo que está neste livro e continue com sua vida normal. Mas é possível que mesmo não querendo saber sobre estes assuntos, apenas por estar lendo fará com que um gatilho abra em sua mente. Nada é por acaso, com certeza se estais lendo este livro, tens afinidade com alguma coisa que está escrito.  Abra sua mente, esteja aberto para aprender e entender mais sobre o Universo, não custa muito, certo? Também estou tentando fazer isso e posso dizer que está me ajudando muito na criação da minha própria realidade e na expansão do meu Túnel da Realidade. Então, vamos trabalhar a Reconciliação com nossos antepassados agora mesmo? Então vamos lá. Algo muito comum que sempre deve ter existido são os rituais de passagem, a crença no desconhecido. Acredito que toda esta evolução seja fruto de muita indagação e adoração a alguma entidade superior, perguntar-se de onde surgiu a vida deve ter sido a primeira pergunta que existiu. Como anda seu Túnel de Realidade? Acredito que muitos pensam como eu sempre pensei que a Tecnologia surgiu apenas recentemente. Mas há muitos registros de civilizações antigas e muitas lendas que dizem que a tecnologia já existiu naquela época e que na verdade houve um cataclismo e toda história se perdeu. Como as Civilizações da Lemúria e da Atlântida, por exemplo. Acredito que haja certa mitologia e metáfora sobre estas civilizações, que servem para explicar e ampliar nossa presente percepção da realidade. Pode ser que você tenha vivido há 100 anos e que todas as pessoas que estão vivas hoje, estavam vivendo também naquela época.  Pode ser que apenas você tenha reencarnado e que na encarnação passada você estava no paraíso. São apenas especulações, mas indagar não custa nada, sempre ajuda a termos novos insights criativos. Uma coisa que se torna explícita com estes questionamentos, é que existe uma conexão entre as pessoas, entre todos os seres e objetos, e também entre o passado, presente e futuro. Muitos de nossos ancestrais podem ter sido xamãs e curandeiros, quem sabe também não fomos um? A conexão com a Terra e com as plantas e animais de poder sempre devem ter feito parte da nossa história, pois fica claro que qualquer pessoa que tenha experimentado um psicoativo, seja ele natural ou sintético, teve uma grande expansão de consciência e aumento do seu Túnel da Realidade. Uma coisa extraordinária que podemos ter herdado de nossos antepassados são nossos poderes psíquicos, nossa ligação original com o Todo. Por isso questiono sempre em meus livros sobre as habilidades paranormais como a Telepatia, as Sincronicidades, os sonhos lúcidos, pois já tive todas estas experiências. E você, querido leitor, não acha que está conectado a toda história da humanidade, inclusive com a memória dos seus antepassados e pessoas que irá conhecer no futuro? E se você tiver um plano, orquestrado por um poder divino que lhe faz conhecer situações, encontros e insights criativos que lhe guiam durante todo o caminho, deixando sua vida com um novo brilho, uma nova sensação de liberdade? Pois é justamente isso que estou sentindo, sinto que o Universo está me levando para um Propósito que vai além da minha imaginação, pois de fato, já constatei a beleza extraordinária e magia que acontece aqui.

  • Rodrigo Giovani Borchardt
  • Do livro Magia da Reconciliação

Livro Impresso ou em PDF: http://www.livrorama.com.br/loja/details.php?p=2967

Flor artificial

Havia uma flor artificial
Em meu quintal
Na varanda eu sentava
E o beija-flor esperava
Ele sempre aparecia
E a solidão espantava
Sua magia eu sentia
Mas um dia
A flor sumiu
E o beija-flor fugiu
Porém ele nunca se esquece
E ainda aparece
Há sempre uma flor de verdade
Em meu caminho
E quando vem a saudade
Lembro que nunca estou sozinho

  • Rodrigo Giovani Borchardt
  • Do livro Egocídio

Livro Impresso ou em PDF: http://www.livrorama.com.br/loja/details.php?p=2962

Liberdade

Liberdade é saber que não existem mais fronteiras, de um país, cidade ou dimensão espiritual. É saber que todos Somos Um. Sentir que os documentos não são mais tão importantes. Vivendo prazeres, bebendo vinho, conhecendo novos amores, outras paixões. Talvez encontre uma só que seja especial e eterna, isso irá variar de acordo com o grau do aprendiz. Escrevi um poema, que faz parte de outro livro, que fala da liberdade. Ser poeta também é meu Dharma ou propósito na vida, que me trará prosperidade e amor no meu caminho. Ter amor e carinho para os leitores e poder compartilhar reflexões, seguir novos caminhos, com o próximo. Segue o meu poema que fala sobre liberdade:

Liberdade

É ela?
Sim
É a liberdade
É a mais pura verdade
Revelada para mim
Sim
É um céu sem fim
É minha alma que chama
Um coração que ama
Uma tela branca para pintar
Um novo olhar
Será o sentido da vida revelado
Um ser muito amado
É o Co-criador
Sem mais nenhuma dor
Caminhando com o vento
Sem nenhum lamento
Vive de esperança
Como uma criança
Liberdade de brincar
E também de amar
É ficar de pé diante de uma linda paisagem
E criar coragem
Coragem de ser quem realmente é
É seguir com fé
Meu amigo
Minha amiga
Antes que eu prossiga
Quero lhe dizer
Que liberdade não é só uma palavra bonita
É uma busca infinita
É uma estrela no céu
Um verdadeiro paraíso para quem a fita
É mais doce que o mel
Cidade de cabeça pra baixo
É onde me encaixo
Sigo com firmeza
E meu coração tem certeza
Que existem muitos caminhos
E que juntinhos
Descobriremos que só um tem coração
Gratidão?
Oh sim, liberdade!
É onde mora a felicidade

Realmente é uma busca infinita, mas tem vários ciclos. Talvez haja morte e renascimento, como eu já disse. O caminho chega ao fim e logo começa outro. Ou o caminho seja mais longo, conforme a necessidade do Dharma, ou propósito na vida.

  • Rodrigo Giovani Borchardt
  • Do livro Iniciação ao Propósito

Livro Impresso ou em PDF: http://www.livrorama.com.br/loja/details.php?p=2969